Categorias: Regional

Familiares acusam ex presidiário de estuprar jovem com síndrome de down no interior do Ceará

Segundo informações repassadas o fato teria acontecido na noite de sexta feira (26/10/2018) para sábado (27/10), na cidade de Ipaporanga.…

Compartilhar
Curta nossa página no Facebook e receba atualizações do site

Segundo informações repassadas o fato teria acontecido na noite de sexta feira (26/10/2018) para sábado (27/10), na cidade de Ipaporanga.
A vítima foi uma jovem especial (portadora de síndrome de Down), de 23 anos de idade, filha da senhora Maria Ivonete, residente na Rua Augusto Evaristo na cidade de Ipaporanga.
O acusado de ter cometido o estupro é o ex presidiário: Edimar de Sousa Cunha, vulgo Edmar de Quadro, nascido aos 26/10/1977, residente em Ipaporanga.

TV VARJOTA EM DESTAQUE - AO VIVO

Entrevistas:

Em entrevista concedida a nossa reportagem pela senhora Ivonete (mãe da vítima), a mesma relatou que já foi amasiada com Edmar, mais porém atualmente estão separados, e que na noite de sexta feira (26), Ivonete estava em casa com a filha, quando Edmar teria chegado em sua residência teria chamado a vitima pelo nome e está teria saído com o acusado.
Ivonete relata que não viu quando sua filha saiu, pois estava dormindo, e que somente por volta das 5horas da manhã de sábado (27), a senhora Ivonete teria acordado com o choro de sua filha que tinha retornado para casa e relatou o que tinha acontecido.
A jovem de 23 anos, contou para a mãe, que o acusado teria mantido relações com a a mesma e teria chegado a colocar o pênis em sua boca, bem como teria ainda lhe derrubado no chão e mantido a relação.
Ivonete disse ainda que sua filha chegou sem o sutiã, que o acusado teria arrancado da vítima.
Ainda segundo Ivonete, pelo fato da mesma já ter vivido com Edmar, a sua filha era bastante apegada ao acusado, e que inclusive o acusado só chamava a vitima de meu amor.
O caso foi comunicado a polícia , porém Edmar até o momento não foi localizado.
Ainda no sábado, a vítima foi encaminhada para o IML onde foi submetida a exames, porém falta sair o resultado.
A vítima ainda no sábado esteve na delegacia de polícia civil em Crateús onde contou com detalhes para o Delegado  a forma de como a jovem teria sido violentada.
A nossa reportagem teve acesso a um vídeo onde aparece a vítima contando e fazendo gestos de como o acusado teria feito com a mesma.

A nossa reportagem também conversou com a senhora Leidiane Gomes da Silva (irmã da vítima), que atualmente se encontra residindo no Rio de janeiro.
Leidiane relatou que está muito revoltada e aproveitou para cobrar das autoridades que fizesse justiça e que não deixasse o caso impune.
Minha irmã foi estuprada, ela é especial, foi uma grande maldade que fizeram com a minha irmãzinha, disse Leidiane a nossa reportagem.

Vale ressaltar que Edmar é ex presidiário, até o momento não foi localizado.

Detalhes:. As entrevistas com a mãe e a irmã da vítima serão veiculadas nesta terça feira (30/10), dentro do programa plenário do povo da Rádio Rio Acaraú FM de Tamboril.

Informações Ipaporanga Noticia

Curta nossa página no Facebook
WagnerPassos

Publicado por
WagnerPassos